WiloLATAM registra um ano forte em 2020

Voltar à visão geral

14.05.2021

Crescimento rentável na América Latina e forte início no primeiro trimestre de 2021

América Latina. A trajetória de crescimento rentável do Grupo Wilo em 2020 também foi mantida na região da América Latina. Por mais de 20 anos, o Grupo Wilo tem estado ativo e fortemente posicionado em indústrias que estão estabelecendo tendências na América Latina e tem continuamente expandido sua presença ao longo dos anos. Desde 01 de janeiro de 2020, a região foi oficialmente estabelecida como uma região autônoma de vendas a fim de refletir tanto o crescimento econômico acima da expectativa a médio prazo quanto o tamanho e a importância do mercado latino-americano.

Em geral, a região foi significativamente afetada pela pandemia. A atividade econômica diminuiu em cerca de 6,9%, e em alguns países como Argentina, Peru e México, os efeitos desfavoráveis na economia foram particularmente severos. "Apesar do atual ambiente desafiador da macroeconômica e política, conseguimos continuar o curso de crescimento rentável do Grupo Wilo também na América Latina e posicionar a marca Wilo mais forte e mais visivelmente no mercado", explica Svenja Ahlburg, Diretora do Grupo da região América Latina. Expressado em moeda local, o Grupo Wilo registrou um crescimento significativo nas vendas de mais de 30% para a América Latina. Como exemplo, o segmento de mercado da Indústria se desenvolveu de forma extremamente positiva no Chile e no Brasil.

Expansão das atividades comerciais na América do Sul

Há mais de 20 anos, o Grupo Wilo entrou no mercado latino-americano e estabeleceu sua primeira subsidiaría na Argentina. Desde 2019, sob a liderança de Gustavo Morvillo, a Argentina tem servido como uma plataforma para a América do Sul, incluindo os países da Bolívia, Equador, Paraguai, Uruguai, Colômbia e Peru. Especialmente na Colômbia e no Peru, o Grupo Wilo tem sido capaz de expandir sua posição como um fabricante premium de soluções altamente eficientes para o abastecimento de água e tratamento de águas residuais. "Em cooperação com nossos parceiros locais, conseguimos angariar projetos estrategicamente importantes em todos os países e fortalecer ainda mais nossa posição competitiva. Em linha com a estratégia corporativa da Wilo, também aumentamos seletivamente nosso valor local agregado na Argentina, onde, por exemplo, vimos um crescimento acima da média nas vendas de irrigação agrícola em particular, devido à montagem local de bombas de poço", explica Morvillo.

A caminho do sucesso no Brasil

Desde o estabelecimento da filial no Brasil, em 2011, o ano 2020 é o ano de maior sucesso do Grupo Wilo na história ainda jovem da empresa. "Mudamos fundamentalmente nossa abordagem estratégica e expandimos muito nossa presença em todos os segmentos de mercado. Além disso, lançamos as bases para expandir nosso valor local agregado e estabelecer a sede como um centro de exportação para países vizinhos, a fim de atender às necessidades de nossos clientes de forma mais rápida e individualizada", diz Jesper Buchreitz, quem assumiu a gestão das atividades de vendas da Wilo Brasil em março de 2019 e assim contribuiu significativamente para o desenvolvimento positivo. Buchreitz foi nomeado Diretor Geral da Wilo Brasil em 01 de abril de 2021.

O primeiro ano de sucesso no Chile

Com a abertura oficial da filial em março de 2020, a Wilo criou o alicerce para o sucesso a longo prazo no Chile. Em seu primeiro ano, a receita de vendas já apresentou crescimento de dois dígitos em comparação com o ano anterior. "Estamos orgulhosos de ter tido um começo tão forte apesar do atual ambiente político-econômico desafiador", explica Gustavo Ramos, Diretor Geral da Wilo Chile SpA. Quando se trata de eficiência energética, o Chile desempenha um papel pioneiro na América do Sul. Devido aos processos cada vez mais intensivos de água e energia na agricultura, aquacultura e mineração, bem como no setor de construção civil, os produtos que economizam recursos estão se tornando cada vez mais importantes. "Nosso objetivo é contribuir para um fornecimento de água mais sustentável e energeticamente eficiente com nossas bombas e sistemas de bombeamento altamente eficientes", explica Ramos.

Diversificação regional na América Central

México, América Central e Caribe foram severamente afetados pela pandemia e por desastres naturais. "Apesar destas circunstâncias desfavoráveis, conseguimos continuar nosso desenvolvimento comercial positivo no México e na região. Graças à nossa estrutura eficiente, pudemos reagir com flexibilidade às mudanças do mercado e compensar adequadamente as flutuações nas vendas", enfatiza Marco Sosa, chefe de atividades na Wilo México. "Gostaria de destacar particularmente o forte desenvolvimento de negócios na Nicarágua, graças à cooperação bem sucedida e confiável com nossos parceiros locais", termina Sosa.

O Grupo Wilo também expandiu fortemente suas atividades em outros países da América Central. "Um impulso positivo foi dado em particular pela aquisição do fabricante americano de bombas American Marsh Pumps no final de 2019", diz Carlos Toribio, gerente de vendas na América Central e no Caribe. "Como resultado, conseguimos conquistar importantes quotas de mercado na Jamaica, Panamá e República Dominicana, entre outros países, no primeiro ano após a aquisição", explica Toribio.

A tendência positiva também continuou em Cuba. "Para ter sucesso em Cuba, é preciso muita paciência", brinca Raul Rodríguez, chefe da Wilo Cuba. "Ficamos ao lado de nossos clientes e parceiros durante anos econômicos difíceis e não nos retiramos do mercado cubano porque confiávamos no potencial do nosso país. Foi assim que conseguimos nos recuperar dos anos mais fracos e alcançar um forte crescimento das vendas em 2020".

Aumentando a visibilidade

Nos últimos anos, o Grupo Wilo tem aumentado seu foco na região da América Latina. "Este passo foi de enorme importância para o desenvolvimento positivo dos negócios e fortaleceu significativamente a confiança dos funcionários na região, na Wilo e finalmente em si mesmos", destaca Svenja Ahlburg. "Utilizamos este momento para iniciar importantes projetos estratégicos junto com nossas equipes locais, para intensificar o intercâmbio dentro da região e para fortalecer a visibilidade da Wilo na América Latina", continua Ahlburg.

Contribuir para o aumento da visibilidade não foi apenas o ganho de participação no mercado, mas também o estabelecimento de uma estratégia de marketing alinhada às necessidades do mercado local e dos clientes, bem como a intensificação do trabalho em rede com a política, associações, ONGs e empresas privadas. Um evento significativo foi o lançamento da eAcademy WiloLATAM. A eAcademy é uma plataforma digital interna onde a Wilo fornece treinamentos sobre produtos, sistemas e soluções, bem como know-how de aplicação. Desde o lançamento da eAcademy, mais de 150 clientes e parceiros de 11 países já foram treinados. Mais informações sobre os treinamentos da eAcademy, bem como sobre as atividades da Wilo na América Latina são fornecidos no site e nos canais de redes sociais em espanhol, português e inglês.

Perspectivas 2021: As perspectivas econômicas estão melhorando na América Latina.

A região oferece oportunidades significativas de crescimento para o Grupo Wilo. "No futuro, não só queremos expandir ainda mais nossa presença local, mas também fazer um maior uso de sinergias no continente americano. A cooperação com nossos colegas nos Estados Unidos desempenha um papel central para alcançar isto", explica Svenja Ahlburg. O portfólio de produtos nos EUA cresceu fortemente como resultado das aquisições anteriores da Weil, Scot e American Marsh Pumps. De acordo com Ahlburg, este portfólio agora também será cada vez mais implementado na América Latina e no Caribe. Além disso, com países como Chile, Argentina e Brasil, a América do Sul oferece um potencial de crescimento significativo em indústrias com um futuro promissor para a Wilo, como o setor de hidrogênio.

"Após um início bem-sucedido em 2021 e um primeiro trimestre forte, queremos levar esta positiva ascensão econômica conosco para os próximos meses e continuar em nossa lucrativa trajetória de crescimento. As bases para isto já foram lançadas", conclui Ahlburg.

A nossa cobertura na América Latina